Para Inspirar

Fatos de Carnaval originais e baratos: ideias para brilhar e poupar

Encontrar fatos de Carnaval originais e baratos requer algum savoir faire. Se gosta de caprichar e é exigente, mas não quer gastar dinheiro, nós ajudamos a surpreender tudo e todos sem rebentar com o orçamento.

Fatos de Carnaval originais e baratos – sim, é possível!

Para muitos, o ato de se mascarar no Carnaval é um autêntico ritual, suscetível de originar momentos insólitos entre amigos e familiares. Porém, para manter vivo o “espírito carnavalesco”, é certo e sabido que é necessário apostar na inovação e ser arrojado, de modo a conseguir, ano após ano, criar aquela impressão marcante que desejamos provocar nos outros.

Sejamos realistas: a verdade é que por mais devoto que sejamos à “Terça Feira Gorda”, raramente estamos disponíveis para abrir cordões à bolsa e gastar balúrdios num fato de Carnaval, que, convém lembrar, será usado apenas uma vez. Sim, caro leitor, repetir o mesmo disfarce de Carnaval é uma grande demonstração de amadorismo. O truque é mesmo apostar no inesperado.

Portanto, se estamos de acordo quanto aos primeiros dois grandes critérios para escolher um fato de Carnaval marcante – a originalidade e o preço em conta – podemos prosseguir!

Aposte em fatos de Carnaval originais e baratos

Bom, então agora que estamos de acordo, retiramos o que dissemos dois parágrafos atrás – não sejamos realistas. Para nos conseguirmos concentrar verdadeiramente em escolher fatos de Carnaval originais e baratos, teremos que ter a cabeça imersa numa espécie de meditação consciente, onde a imaginação não pode ter qualquer limite. Se há festa que nos permite ser livres no espírito e no visual, é o Carnaval (até rimou).

Ideias originais

O primeiro passo é não ceder à tentação de encarnar uma das típicas personagens de Carnaval – cowboys, palhaços, índios, diabos, super homens e outros super heróis, piratas… – isto porque a probabilidade de se cruzar com não apenas uma, mas várias pessoas com um disfarce igual ao seu, pode ser muito alta.

1. Imperador

Para conseguir vestir-se de imperador romano não é preciso muito. Aliás, provavelmente muitos de nós temos lá por casa guardadas algumas das peças, que, em conjunto, poderão resultar num disfarce infalível. Senão vejamos: uma túnica (mesmo que não tenha nenhuma, numa breve passagem por qualquer loja chinesa poderá arranjar uma a preços muito em conta). Quanto a sandálias, é muito fácil. Mesmo que não tenha um par de sandálias, decerto que um amigo ou familiar lhe empresta. Quanto ao pedaço de tecido vermelho que normalmente surge em diagonal, cruzado sobre o tronco, poderá adquiri-lo numa loja de tecidos a metro. Se arranjar uma espada de plástico, melhor ainda. Umas folhas de louro presas atrás das orelhas e o sucesso está garantido!

2. Caracol

Outro fato fácil de fazer sem gastar praticamente um tostão. Convenhamos que não é vulgar encontrar alguém vestido de caracol, dado não ser o animal mais propenso a ser usado quando se pensa em disfarces. Aqui vai: se quiser um caracol “fofinho”, vista uma saia de tule e uma camisola de cor a combinar. Depois, coloque a carapaça do caracol, que pode ser feita com um tecido volumoso enrolado sobre si mesmo, em espiral. Se o tecido for castanho, tanto melhor! A carapaça do caracol pode ser fixada à camisola ou ao tronco, com alças, como se fosse uma mochila.

3. Andy Warhol e um dos seus cartoons

Porque não fazer um tributo a um dos génios da arte pop? Não só poderá optar por se disfarçar como um dos seus cartoons, como também poderá mascarar-se como o próprio Andy Warhol. Este disfarce resultará bem se combinado entre, por exemplo, duas ou três pessoas. Para se parecer com o artista, a chave é comprar uma peruca branca de tamanho médio. Arranje uns óculos de massa pretos, uma camisola preta de gola alta, um casaco de pele preto ou um blazer, calças de ganga, e está pronto. Quando ao cartoons, basta arranjar um vestido que se adeque, e pintar a cara e o cabelo de forma correspondente. Tudo depende do cartoon que escolher: Marilyn Monroe, a famosa sopa de tomate em lata…

Caso pretenda um fato já inteiramente produzido, mas diferente dos mais populares, dê um salto ao Etsy. Lá poderá encontrar artigos feitos à mão, por pequenos retalhistas ou artistas independentes.

fatos de carnaval baixo custo

4. Audrey Hepburn

Ah, se ao menos estivesse calor em Portugal por altura do Carnaval! Se o frio não o atemorizar, escolha disfarçar-se como Audrey Hepburn em “Breakfast at Tiffany’s”: cabelo apanhado, um grande chapéu preto, óculos cat-eye pretos, vestido preto comprido, colar de pérolas e umas sabrinas. Desta forma deverá impressionar não só os mais devotos fãs de cinema, mas também as pessoas com gosto requintado, uma vez que se tratará de um tributo a uma grande referência da Cultura Pop em geral.

5. Sereias e outras criaturas marinhas

Use e abuse do glitter. Um fato de sereia ou de outra criatura marinha ao seu gosto poderá ser muito fácil de pôr de pé, sem gastar praticamente um tostão. Apenas precisa de muita maquilhagem, e de construir a roupa adequada. Arranje umas conchas do mar, fure-as e junte-as de modo a criar uma coroa, ou faça colares.

6. Pastilha elástica

Vamos agora passar a outro dos fatos de Carnaval originais e baratos que temos para lhe apresentar. Este, em relação aos anteriores, não é tem nenhum glamour, mas pode arrancar alguns risos aos amigos. Vista-se todo de cor de rosa. Depois, em cartolina castanha, construa uma “mesa” (um círculo grande a fazer de tampo e quatro tiras para as pernas); prenda a mesa na sua cabeça com o auxílio de uma fita de cabelo, de forma a que o seu corpo fique entre as quatro pernas da mesa. Vai disfarçado de pastilha elástica colada debaixo da mesa este ano! E tudo isto por meia dúzia de euros.

7. Carta fora do baralho

Aqui tem um disfarce de Carnaval muito fácil de montar e que funciona muito bem em grupos grandes. Só precisa de se vestir de preto dos pés à cabeça e escolher o seu naipe. Prenda duas cartolinas brancas sobre os seus ombros e cole os números e símbolos do naipe nas cartolinas. Cada um dos seus amigos pode ser uma carta diferente.

Outras opções sem gastar muito

Se nenhuma das ideias anteriores lhe agrada, opte por criar algo de raiz. Misture vários elementos com os quais se identifica e invente algo novo. Saia da caixa – crie uma personagem que não existe! Com um orçamento muito reduzido poderá dar largas à imaginação e, mesmo não usando um disfarce convencional que todas as pessoas reconheçam, poderá fazer uma boa figura.

Mais importante, pense numa extensão de si mesmo, dê voz à sua imaginação e pense num fato de Carnaval que leva a sua personalidade ao extremo. Por exemplo, se os seus amigos lhe dizem que “tem a mania das limpezas”, porque não pegar nessa sua forma de estar e exacerbá-la numa fantasia de Carnaval? Procure as peças para os seus disfarces em lojas de artigos em segunda mão ou na Internet e verá que a originalidade está garantida, a preços reduzidos.

Leia também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.